Tribali

O SOM DE TRIBALI

Proveniente da Républica de Malta, o som único e eclético dos Tribali emerge dum conjunto de instrumentos não convencionais e de uma improvável fusão de géneros musicais. É aqui que as frequências etéreas da "cítara" se encontram com as profundas vibrações terrestres do "didgeridoo" e onde os sons hipnóticos contrastam com ritmos de percussão étnicos e otimistas. A acrescentar... guitarras elétricas distorcidas, linhas de baixo muito graves e baterias orientadas para a dança, que se misturam sem esforço com a harpa da boca, gaita e violão.

UM MUNDO MUSICAL DE GÉNERO CALEIDOSCÓPICO?
Talvez... mas sem dúvida, uma rotação frenética que culmina na exposição do vibrante e multifacetado género dos Tribali, que inclui sons psicadélicos, clássicos e étnicos, impecavelmente fundidos com dub, reggae, ska, rock e blues. As várias influências no som único dos Tribali permitem que a banda combine perfeitamente com, praticamente, qualquer género musical. Na verdade, a banda já se apresentou ao lado de alguns artistas de classe mundial, como Moby, The Prodigy, Faithless, Ziggy Marley, The Wailers, G3, John Butler, Wolf Mother, Crowded House e The Specials, só para citar alguns.

DESEMPENHOS AO VIVO DE ALTA ENERGIA
A estimulante música de alta energia, a interação dinâmica das multidões e uma mensagem distinta de vibrações positivas criam a atmosfera eletrizante que agora é a assinatura das apresentações ao vivo do Tribali. Aparições em festivais locais, como o Earth Garden e o Farsons Beerfest, bem como em aclamados festivais internacionais, como o Festival de Glastonbury, Byron Bay Bluesfest ou Psy-Fi, invariavelmente culminam em aplausos exuberantes de multidões extasiadas. Quando a banda foi formada em 2004, embarcou imediatamente numa jornada de performances ao vivo que cativou o público e catapultou a banda como um dos principais artistas em Malta. Lançaram três álbuns de estúdio, “Tribali”, “Elephants of Lanka” e “The Traveler”, além de uma compilação aclamada pela crítica, “Festa”. Ganharam várias categorias dos Malta Music Awards, incluindo “Best New Act”, dois prémios de “Melhor Álbum” e três de “Melhor Banda”. Receberam, também, algumas críticas muito encorajadoras da imprensa internacional. O diretor do Byron Bay Bluesfest e guru da música, Peter Noble, nomeia os Tribali como "uma das melhores bandas de sempre a tocar no Bluesfest" e recomenda a banda no seu Top10 para ouvir. Em 2018, lançaram o seu muito aguardado quarto álbum, Rabà.

Galeria de Imagens

Voltar

Newsletter
Subscreva a nossa Newsletter e fique a par de todas as novidades!